terça-feira, 29 de outubro de 2013

Qual a melhor Fonte de Tráfego para seu site/blog?




Esta pergunta tem uma resposta muito simples: a melhor fonte de tráfego são os motores de busca. Tanto em quantidade como também em qualidade, não tenho dúvida nenhuma. Mas nem toda gente pensa assim.
Fico sempre espantado quando vejo alguém menosprezar a importância dos motores de busca como fonte de tráfego para qualquer site ou blog. Se alguém te disser que é melhor ir à procura dos visitantes do que conseguir que os visitantes que procuram o teu serviço, essa pessoa só pode estar louca!

Ir á procura!

Ir à procura dos visitantes é possível, requer trabalho e tempo. Tem que saber onde é que eles estão, e conseguir marcar a tua presença, mostrando os teus serviços e levando-os até você. Pode ser um fórum, uma rede social, um blog com grande autoridade na matéria, um agregador de conteúdos, etc… Este tipo de esforço é contínuo, porque assim que parares de ir buscar visitantes, a torneira fecha-se.
Um exemplo fantástico de alguém que foi à procura do seu público alvo é o Sporting Apoio, com uma página no Facebook que já conta com 15.000 fãs. O webmaster foi até ao Facebook, criou a página, convidou os amigos, pediu para eles compartilharem e  conseguiu uma legião de seguidores que acabou por levar até ao seu site. Conseguiu ter um site de sucesso em poucos meses, usando o Facebook como a sua principal fonte de tráfego.

Ser encontrado!

Colocar o teu site numa posição de destaque nos motores de busca para quem procura os teus serviços é diferente. Trabalho e tempo podem não ser suficientes, porque o algoritmo dos motores de busca não é conhecido e ninguém pode garantir que vai conseguir uma determinada posição, por mais que se esforce. Há muitas variáveis conhecidas e desconhecidas, há muita competição por certos mercados e há editores humanos que podem aplicar penalizações se passarar dos limites.
Quando consegue uma boa posição nos motores de busca, é claro que tem que a manter. Mas isso normalmente não implica fazer o mesmo tipo de esforço continuamente. Depois de chegar ao topo é mais fácil de manter um lugar de destaque, desde que tenhas lá chegado usando técnicas legítimas.
O fato de um visitante chegar através de um motor de busca não chega para o qualificar como melhor do que aquele que vem de um agregador de conteúdos. Quem chega ao meu blog foi porque pesquisou frases como ganhando dinheiro na internet ou como ganhar dinheiro na internet. A taxa de cliques e conversões nos anúncios que me dão dinheiro neste site será radicalmente diferente, apesar da fonte ser o mesmo motor de busca.
Portanto não basta estar presente num motor de busca, é preciso ter a página certa, na posição certa, para a pesquisa certa. Quando estes fatores se combinam, as conversões acontecem! Como o número de posições destacadas é muito limitada e a concorrência pode ser dura, nem todos conseguem ser encontrados. Daí a grande importância do SEO.

A maior fonte de tráfego.

As pesquisas na internet continuam aumentando. A nível mundial registrou-se um aumento de 46% nas pesquisas entre 2008 e 2009. Além de serem visitas mais qualificadas, é também nos motores de busca que pode se encontrar o maior volume do tráfego. Voltando ao caso do Sporting Apoio, apesar de ter um número impressionante de seguidores no Facebook e de ser essa a sua bandeira, hoje em dia o Google já assumiu o seu lugar natural como a maior fonte de tráfego do site.
Num site já estabelecido, com presença bem marcada em outros sites e um público fiel que retorna regularmente, os visitantes vindos dos motores de busca podem significar cerca de 50% do tráfego total. Em um site pouco conhecido, onde o tipo de conteúdo não forneça as visitas repetidas, mas que está bem posicionado nos motores de busca, esse valor pode ser superior a 90%. Esta fonte de tráfego é tão estável e tão importante, que quando um site é penalizado e deixa de receber estas visitas, o webmaster chega a sentir que lhe roubaram algo que era seu por direito.
É lógico que no início pode e deve ir à procura de tráfego em toda as fontes disponíveis. Marca a tua presença em todos os recantos da web que estejam relacionados com o teu nicho e aproveita o tráfego que te podem trazer. Mesmo numa fase mais avançada, se tiveres tempo para isso, continua a explorar todas as alternativas. Até porque isso vai acabar por se refletir na tua reputação e nos resultados dos motores de busca.
O importante é que nunca, de maneira nenhuma, acredite que há visitantes mais produtivos e valiosos do que aqueles que foram dar ao teu site porque estavam à procura exatamente daquilo que você tem para oferecer!